Instituto Musical Darezzo

O Local Certo para Você Aprender Música Online

Especial de Outubro Viola Caipira – “Romaria”

ROMARIA

O dia 12 de Outubro está chegando e além do Dia das Crianças também é comemorado o Dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil e dos Peões. E uma simples canção se tornou um hino desse dia, tornando-se um canto de resgate do caipira, o homem do campo e da fé. Por isso, não deixe de aprender a tocar Romariae conhecer um pouco mais sobre a história dessa música. Confira!

Neste ano, 2018, comemora-se 300 anos da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, que tem um significado de protagonismo não só para toda a população católica do país, mas também para os peões brasileiros.

A devoção e fé dos peões a santa protetora dos rodeios é tamanha que a imagem de Nossa Senhora Aparecida está sempre presente nos rodeios, seja no figurino dos peões ou na arena e nunca deixam de rezam antes das disputas, pedindo benção e proteção. Na igreja católica a Romaria, festa realizada sempre no segundo domingo do mês de outubro, reúne milhares de romeiros, devotos de Nossa Senhora Aparecida.

 

Romaria

E a música “Romaria”, tornou-se um hino a Nossa Senhora Aparecida, uma canção dos romeiros, que não medem esforços para pagar promessas, levando apenas a fé e olhar, além de ser um símbolo de resgate do caipira, do simples.

História da Música Romaria

Renato Teixeira, considerado um dos maiores compositores da história da música brasileira, não imaginava que “Romaria” viraria um hino, uma canção tão popular. Inspirado pela basílica de Aparecida do Norte, em São Paulo, escreveu a canção baseada nos romeiros, que vai para Aparecida, cheios de fé, esperança, gratidão, para pedir bençãos, pagar promessa…

 

Romaria

Mas é também um pouco da história do povo brasileiro, que apesar dos seus sonhos ou decepções, sempre reza e muitas vezes percebe que não sabe rezar, já não tem muitas forças, mas a determinação é tanta, o sufoco é tanto, o milagre se faz tão necessário, que só olhando já se sente rezando, relata o autor.

Na entrevista ao Globo Rural, Renato conta que quando compôs Romaria gostava de sentar no chão para ficar escrevendo, escreveu a mão, compôs, e não tinha gravador na época para registrar e que então, gravou a música na cabeça. A letra é feita com recursos poéticos e tem até palavras que não estão no dicionário.

 

Romaria

Na parte da composição “Sou caipira Pirapora”, usa um jogo de palavras, mas também faz referência à cidade de Pirapora do Bom Jesus, região metropolitana de São Paulo, devido ao seu significado religioso e por ser uma cidade forte dentro da cultura caipira. A cidade é um ponto de recepção dos romeiros, com uma sequência de escultura de bronze com cenas de romaria feita por pessoas da cidade com orientação do escultor Murilo Sá Toledo.

Na estrofe final, o romeiro sai da sua casa e chega a Aparecida, muitas vezes com nada mais que seu encantamento e sua fé, além do seu olhar.

A canção é uma das que tem mais regravações em toda a história da música brasileira, com mais de cem regravações com nomes importantes da nossa música. Porém, a primeira gravação, que tornou a música e o compositor conhecido, foi feita pela cantora Elis Regina, em 1977, no disco “Elis”.

Até então a cultura caipira não era bem vista e a música Romaria tinha a intenção de lançar um olhar renovado sobre a música da cultura caipira, mostrar que não estava desgastada e superada. Na voz de Elis a música a mostra a sua força.

 

aula de musica

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página do Facebook!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *